Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufma.br/jspui/handle/123456789/849
Title: A centralidade da educação pública na obra e militância de Florestan Fernandes, no período entre 1980 a 1995: contribuições ao pensamento marxista sobre a educação no Brasil
Other Titles: The centrality public education in work and Florestan Fernandes militancy in the period 1980 to 1995: contributions to the marxist thought on education in Brazil
La centralidad de la educación pública en el trabajo y Florestan Fernandes en el período de 1980 a 1995: contribuciones al pensamiento marxista de la educación en Brasil
Authors: RODRIGUES, Fabiana de Cássia
BRAGA, Lucelma Silva
Keywords: Marxismo
Educação pública
Formação social
Marxism
Public education
Social formation
El marxismo
La educación pública
Formación social
Issue Date: 2015
Publisher: UFBA
Citation: RODRIGUES, F. C.; BRAGA, L. S. A centralidade da educação pública na obra e militância de Florestan Fernandes, no período entre 1980 a 1995: contribuições ao pensamento marxista sobre a educação no Brasil. Germinal: Marxismo e Educação em Debate, Salvador, v. 7, n. 2, p. 133-145, dez. 2015. DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v7i2.14875
Abstract: Este artigo objetiva suscitar a reflexão acerca das contribuições de Florestan Fernandes ao pensamento marxista sobre a educação no Brasil, tendo como ponto de partida sua atuação nas lutas em defesa da escola pública no período entre 1980 a 1995. Neste momento histórico em que ele atuou ativamente como deputado constituinte, presidindo a comissão que discutiu o capítulo da educação da nova Constituição e participando dos debates sobre o projeto da nova LDB, suas formulações teóricas sobre o Brasil já se encontravam num alto grau de maturidade. Pretendemos mostrar que o lugar que a educação pública ocupa em seu engajamento político e em suas reflexões está articulada à sua interpretação acerca da formação social brasileira. ___________ ABSTRACT: This article aims to raise the reflection on the contributions of Florestan Fernandes to Marxist thought on education in Brazil, taking as a starting point his role in the struggles in defense of the public school from 1980 to 1995. In this historical moment in which he served actively as deputy constituent, chairing the committee which discussed the chapter of the new Constitution of education and participating in discussions on the design of the new LDB, their theoretical formulations about Brazil were already a high degree of maturity. We intend to show that the place that public education plays in his political engagement and his reflections are articulated its interpretation about the Brazilian social formation.
Description: CC BY NC SA
URI: http://hdl.handle.net/123456789/849
ISSN: 2175-5604
Appears in Collections:Artigos - Biologia/CCAA



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.