Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufma.br/jspui/handle/123456789/847
Title: Housewives' knowledge about dengue in an endemic area of the state of Maranhão, Brazil
Other Titles: Conhecimento das donas de casa sobre dengue em uma área endêmica do Estado do Maranhão, Brasil
Authors: PINHEIRO, Valéria Cristina Soares
NERES, Irene Alves Silva
BEZERRA, Juliana Maria Trindade
SILVA, Joelma Soares da
MIRANDA, Jivanildo Pinheiro
BRITO, Luciane Maria de Oliveira
TADEI, Wanderli Pedro
Keywords: Aedes aegypti
Dengue
Women
Mulheres
Issue Date: 2012
Publisher: EDUFMA
Citation: PINHEIRO, V. C. S. et al. Housewives' knowledge about dengue in an endemic area of the state of Maranhão, Brazil .Rev Pesq Saúde, São Luís, v. 13, n. 2, p. 42-47, maio/ago., 2012.
Abstract: Introduction: Dengue remains one of the major diseases of public health importance in tropical and subtropical countries. Is the target of concern in parts of government and society in general, since the most vulnerable link in the control is combating main vector Aedes aegypti. Objective: To determine the level of knowledge and information of housewives about the prevention and control of dengue. Methods: The study is a sample survey (200 interviews) carried out in August through October 2007, in four neighborhoods of the western portion of the municipality of Caxias, State of Maranhão, Brazil, a locality with records of high densities of Aedes aegypti larvae and numbers of cases of dengue fever. A closed questionnaire was used to evaluate the level of knowledge of local housewives about the disease, its vector, and its prevention. Results: The women surveyed had a satisfactory level of information regarding dengue, i. e., more than 80% were able to correctly describe the transmission of the disease, and to recognize the importance of containers filled with stagnant water for proliferation of A. aegypti. However, 97% reported having water-storage containers in their homes. These data emphasize the dissociation between knowledge and practice regarding dengue. Therefore, educational campaigns are necessary to effect further changes in population behavior; because the residents do not follow the necessary practices to prevent the vector from proliferating, and maintain mosquito breeding sites in their homes. Conclusion: This survey provides supporting information to help in the development of new educational efforts to improve the participation of housewives in dengue control. ________ ABSTRACT: Introdução: A dengue continua sendo uma das principais doenças de importância em Saúde Pública nos países tropicais e subtropicais. Constitui-se alvo de preocupação por parte do poder público e da sociedade em geral, uma vez que o elo mais vulnerável para o controle é o combate ao principal vetor, o Aedes aegypti. Objetivo: Verificar o conhecimento e o nível de informações das donas-de-casa sobre a prevenção e controle da dengue. Métodos: Trata-se de um inquérito amostral (200 entrevistas), realizado entre agosto e outubro de 2007, em Caxias (MA), em quatro bairros da zona oeste, localidade com registro de alta densidade de imaturos e do mosquito Aedes aegypti. Avaliou-se por meio da aplicação de questionário fechado, o conhecimento das donas-de-casa sobre a dengue, seu vetor e prevenção. Resultados: Mostraram que as entrevistadas possuem um nível satisfatório de informação sobre a dengue, ou seja, mais de 80% dos entrevistados souberam relatar de forma correta a transmissão da doença, bem como reconheceram a importância dos recipientes contendo água parada para a proliferação do A. aegypti. Contudo, 97,0% dos entrevistados relataram possuir recipientes de armazenamento de água no interior de suas residências. Esses dados evidenciam a dissociação entre o conhecimento e práticas sobre a doença. As campanhas educativas são necessárias como medidas para fortalecer as mudanças de comportamento da população, pois apesar do conhecimento sobre a dengue, os moradores não praticam as ações necessárias para evitar a proliferação do vetor, mantendo criadouros nas residências. Conclusão: A pesquisa pode servir como subsídio para orientar novas ações educativas voltadas para maior participação das donas-de-casa nas ações de controle da dengue.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/847
ISSN: 2236-6288
2179-6238
Appears in Collections:Artigos - Biologia/CCAA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Housewives' knowledge about dengue in an endemic area of the state of Maranhão, Brazil.pdfArtigo585,16 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.