Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufma.br/jspui/handle/123456789/760
Title: Níveis de lisina em rações para frangos de corte determinados com base em uma abordagem econômica
Other Titles: Lysine levels in diets of broilers determined based on economic approach
Authors: SIQUEIRA, Jefferson Costa de
SAKOMURA, Nilva Kazue
DORIGAM, Juliano César de Paula
MENDONÇA, Gabriela Geraldi
COSTA, Fernando Guilherme Perazzo
FERNANDES, João Batista Kochenborger
DOURADO, Leilane Rocha Barros
NASCIMENTO, Dáphinne Cardoso Nagib do
Keywords: Aminoácidos
Avicultura
Desempenho
Rentabilidade
Viabilidade econômica
Amino acids
Cconomic viability
Performance
Poultry science
Profitability
Issue Date: 2011
Publisher: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Citation: SIQUEIRA, J. C. et al. Níveis de lisina em rações para frangos de corte determinados com base em uma abordagem econômica. R. Bras. Zootec., Viçosa, v. 40, n. 10, p.2178-2185, 2011. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1516-35982011001000017
Abstract: O objetivo neste estudo foi estimar os níveis ótimos de lisina digestível em rações para frangos de corte em crescimento (22 a 35 dias) e terminação (35 a 42 dias) com base na análise econômica da alimentação. Foram conduzidos dois experimentos, cada um com 600 frangos de corte machos da linhagem Cobb 500 distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com cinco tratamentos e seis repetições de 20 aves. Em cada fase, os tratamentos consistiram de níveis crescentes de lisina digestível nas rações. Os dados de conversão alimentar foram submetidos à análise de variância e posteriormente a análises de regressão utilizando-se um modelo não-linear exponencial. Com base nas equações exponenciais ajustadas para cada fase de criação, foram calculadas a variação do custo com alimentação e a margem por kg de ganho de peso. Em cada fase, foi considerado nível ótimo de lisina digestível aquele capaz de proporcionar o menor custo com alimentação e a maior margem por kg de ganho de peso. Considerando o preço da L-lisina HCl (78,5%) de R$ 11,78, os níveis ótimos de lisina digestível nas rações de crescimento e terminação são de 1,150 e 0,980%, respectivamente. Entretanto, se o preço desta fonte cristalina aumentar para R$ 14,13, os níveis ótimos nas rações reduzirão para 1,11 e 0,950%, respectivamente. ___________ ABSTRACT: The objective of this study was to estimate the optimum digestible lysine levels in diets for broilers on growing (22 to 35 days) and finishing (35 to 42 days) phases, based on economic analysis of food. Two experiments were conducted, each one using 600 Cobb 500 male broilers, distributed in a completely randomized design with five treatments and six replicates of 20 birds. Treatments consisted of increasing digestible lysine levels in the diet. The feed:gain relation data were submitted to ANOVA and to regression analyses using an exponential model. Based on adjusted equations for each phase, the change in food cost and margin per kg of weight gain was calculated. At each phase the optimum lysine level was considered as one to provide the lowest food cost and higher margin per kg of weight gain. Considering the price of L-lysine HCl (78.5%) of R$ 11.78, the optimum lysine levels in diets of growing and finishing poultry were estimated at 1.150 and 0.980% respectively. However, if the price of this source rises to R$ 14.13, the optimum lysine levels in diets will be reduced to 1.11 and 0.950% respectively.
Description: All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License
URI: http://hdl.handle.net/123456789/760
ISSN: 1806-9290
Appears in Collections:Artigos - Zootecnia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lysine levels in diets of broilers determined based on economic approach.pdfArtigo326,26 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.