Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufma.br/jspui/handle/123456789/706
Title: Justiça na religião e conforto no sistema judiciário: relações político-religiosas entre familiares vítimas da violência urbana no Rio de Janeiro
Other Titles: Religion as evidences on judgments ans support by the judicial system: political-religious relations between victms of urban violence family members in Rio de Janeiro
Authors: PEREIRA, Amanda Gomes
Keywords: Espiritismo;
Sistema Judiciário;
Psicografias;
Violência Urbana;
Spiritualism;
Judiciary;
Psichography;
Urban Violence.
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Citation: PEREIRA, Amanda Gomes. Justiça na religião e conforto no sistema judiciário: relações político-religiosas entre familiares de vítimas da violência urbana no Rio de Janeiro. Revista Intratextos, v. 5, n.1, p. 29-45, 2014. DOI: http://dx.doi.org/10.12957/intratextos.2014.10517.
Abstract: This study aims to describe the political-religious links established by relatives of victims of violence in the city of Rio de Janeiro, through the interfaces between spiritualism and politics regarding the construction of discourses on social suffering. In the cases of the aforementioned relatives, the search for justice for their deceased children, who were transformed into public cause, is linked to the pilgrimage of these parents to spiritual centers in search of written spiritual messages of their children. The maintenance of communication, besides the affective contacts, is also seen as the opportunity to clarify the events related to the deaths of the children – and thereby understand them – by using the written spiritual texts as possible proofs in trials. The dialogues between the judiciary system and the spiritualistic philosophy, promoted by these families, allow us to understand the actions of these families fighting for justice, solace and subjective adherence to the Culture of Peace. ____ RESUMO: O presente trabalho tem como objetivo descrever as relações político-religiosas estabelecidas por familiares de vítimas da violência na cidade do Rio de Janeiro, através das interfaces entre espiritismo e política na construção dos discursos sobre sofrimento social. A busca desses familiares por justiça nos casos dos seus filhos transformados em causa pública se une à peregrinação desses pais e mães aos centros espíritas atrás das psicografias dos filhos falecidos. A manutenção da comunicação, além da permanência do contato afetivo, é vista também como a possibilidade de esclarecer os acontecimentos que rondaram as mortes de seus filhos e, desse modo, compreender os fatos ao redor delas, utilizando as psicografias como provas possíveis nos julgamentos jurídicos. Os diálogos entre o sistema judiciário e a filosofia espírita promovidos por esses familiares permitem compreender as ações desses familiares na luta por justiça, conforto e adesão subjetiva à Cultura da Paz
URI: http://hdl.handle.net/123456789/706
ISSN: 2176-6789
Appears in Collections:Artigos Cientificos - Ciências Humanas/Sociologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Justiça na religião e conforto no sistema judiciário.pdfArtigo científico616,24 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.